Tradução: Isto anda mesmo Mal!

Nem sei por onde começar…

Os políticos são corruptos e agem com toda a naturalidade, pois sabem que saem imunes a qualquer responsabilidade das suas acções. A impunidade arrasta-se até aos mais ordinários actos de cobardia, quando falamos de assaltos com armas ou ataques violentos de supostos “gangs”, que não passam de rufias que não têm onde cair mortos. Não fico nada admirado, já que nem os desportistas dão o exemplo. Andam à bofetada, enviam pessoas para hospital e pavoneiam-se de cabeça erguida. Ainda por cima há quem defenda estes animais. Antigamente, ainda se ouvia falar de castigos disciplinares… mas isso agora só se aplica quando algum deles fala em demasia aos meios de comunicação social.

A falar em meios de comunicação social, será que o mais alto responsável do Governo (subentenda-se Exmo. Sr. José Sócrates) respeita os profissionais da actividade? Perguntem ao Mário Crespo, ele certamente terá algo a dizer. Não quero fazer deste blog um tribunal, mas já começo a fartar-me de obscenidades como estas. Não há um limite para as coisas absurdas, que estão a acontecer pelo País fora? Não estamos a falar de um país longínquo, de terceiro mundo. Retratamos diariamente um Portugal da pior maneira possível. Vejo na minha cidade, na minha rua. Não é ficção, é a realidade e ninguém faz nada!!!

Red World

Eu nem vou dar a minha opinião quanto à solução para isto tudo. Mas, certamente, não andará longe da vossa. Quer dizer, pode sempre haver alguém que considere isto tudo uma observação exagerada (ou não)! Mas pergunto: temos que suportar isto tudo?

Gostava de saber se sou só eu ou se realmente o mundo anda mesmo de cabeça para baixo. Não devemos aprender com a história. Aliás sempre houve quem mudasse a história com as suas próprias mãos… andaremos longe de tal realidade?

(Agora passo a palavra à assistência, que surpreendentemente aumentou 400%. Haverá algum motivo para tal aumento? Sempre pensei que este meu blog fosse mais um monólogo, que não interessasse a pessoa alguma…. Desta vez fiquei surpreendido! Quem será que me segue?)

Ego Sum Invictus (anda agora tanto na moda… mas souberam aqui primeiro)

Please Comment - Não pagam mais... em consideração à crise!
Anúncios

No Ano Passado foi assim…

Posted: Dezembro 31, 2009 in Living Life

No ano passado foi este o grande espectáculo de fogo-de-artifício a que assisti, mesmo por baixo do Big Ben! Foi algo memorável, que jamais esquecerei! Este ano ainda é uma incógnita e é assim que eu quero que seja… mas farei tudo para que seja em grande! Espero que me compreendam. Tudo o que menos desejo é passar os últimos dias deste ano a fazer planos! Isso pode ficar para 2010.

Agora apreciem o espectáculo!

Ego Sum Jaime

Bom Ano Novo!

Posted: Dezembro 31, 2009 in Living Life

Meus amigos, só tenha a pedir que entrem todos com o pé direito neste ano que se avizinha. Espero que todos se divirtam muito! Especialmente para o meu companheiro que se encontra nas “Áfricas”. Mais um ano sem festejar juntos a passagem. Espero que ele não se perca por lá!

Até para o ano…

Ego Sum Jaime 

®Feliz Natal!!!

Posted: Dezembro 23, 2009 in Living Life

Feliz Natal para todos

Desejo muita Magia para este Natal e para sempre. A todos Feliz Natal e um Bom Ano Novo!

Que mais poderia desejar…

Este ano podem me encontrar no Bananeiro com cachecol do Braga! Não serei o único! 🙂

Ego Sum Jaime

Nos tempos que correm pouco se ouve falar do verdadeiro sentido de Natal. Nos meus tempos de miúdo não se falava de outra coisa… agora temos umas celebridades a promover coisa nenhuma, uma leopoldina travesti e o Pai Natal já nem da Coca-Cola é!

Um comercialismo desenfreada em que o nascimento de Jesus não se pode falar, talvez para não ferir susceptibilidades! Hoje, nem um religioso pode defender a sua sem que metade do mundo lhe caia em cima, e a outra se desate a rir. Eu cá gostava que algumas coisas voltassem ao que eram. Que os valores tradicionais não se perdessem com o tempo. Que se defendesse o conceito de família, sem se falar em ditos direitos de casamento ou “vales” de divórcio.

A sociedade só tem a ganhar com o restabelecimento destes valores tradicionais, que só demonstraria o quanto evoluídos conseguiríamos ser. De facto nem sempre evoluir significa mudar. Nem todas as pessoas conseguem ter uma mente aberta, para perceber que há valores tradicionais que têm de permanecer e solidificar. A evolução pode ser demonstrada na permanência e solidificação daquilo que é útil para uma sociedade saudável. A constante mudança de valores é das coisas mais comuns que pode haver. Algo que para o bem de todos, terá de ser reflectido.

Para acabar, gostava que reflectíssemos seriamente em tudo que já mudou. Gostava que as crianças pudessem ser crianças. Que voltassem a acreditar que o Pai Natal existe. Que soubessem que na noite de Natal nasceu Jesus. Que fossem educadas com base em verdadeiros valores. Que crescessem para se tornarem em verdadeiros Homens. Que tivessem bons exemplos. Esse é o meu desejo de Natal.

Deixo, pois, aquilo que via e ouvia nesta época (esta pequena parte traça uma aprendizagem simples, simbólica, cheio de valores… verdadeiras obras de arte na minha opinião!). Vejam tudo, tirem as vossas ilações e reflictam. Está muito longe daquilo que se ouve e se aprende hoje! Com pena minha…

Sejamos todos crianças de novo…Feliz Natal!!!

Ego Sum Puer

Brevemente…

Posted: Dezembro 17, 2009 in Living Life
Etiquetas:, , , , ,

Estou a planear uma mudança para o Ano Novo… Até lá aguardem!

E não se esqueçam de ver as outras páginas do blog. Já tem novos artigos!

Abraço***

Tal como o ano passado, não resisti em publicar um video com uma música sugestiva ao Natal. Desta vez, apresento-vos uma canção interpretada pela Luso-Inglesa, Mia Rose, nascida a 26 de Janeiro 1988, na aldeia de Wimbledon, Londres. Este fenómeno descoberta no Youtube, tem todo o brilho de uma estrela em ascensão.

Vale a pena ouvir…

Ego Sum Jaime